2009 avesdeportugal.info - todos os direitos reservados.
Aves de Lisboa
avesdeportugal.info
.
Parque Florestal de Monsanto
A maior mancha verde da cidade de Lisboa alberga uma variedade considerável de aves,
sendo mesmo o melhor local da cidade para observar espécies florestais.
Espécies:
garça-nocturna, águia-d'asa-redonda, peneireiro, pombo-torcaz, rola-turca, carriça,
pisco-de-peito-ruivo, melro, tordo-comum, toutinegra-de-cabeça-preta,
toutinegra-de-barrete-preto, estrelinha-real, chapim-rabilongo, chapim-carvoeiro,
chapim-azul, chapim-real, trepadeira-comum, gaio, estorninho-preto, pardal, chamariz,
verdilhão, pintassilgo, lugre
Onde fica
na parte ocidental da
cidade, estende-se
desde Benfica até à
Ajuda

Metro
não tem

Autocarros
11, 29

Horário
não fecha

Acesso
gratuito
O Jardim de Montes Claros é um local aprazível onde se observam diversos passeriformes e, por vezes, a
garça-nocturna
Junto ao miradouro da Luneta dos Quartéis, ocorrem diversas aves florestais, como a estrelinha-real e
o chapim-rabilongo
Considerado por muitos o “pulmão de Lisboa”, o Parque Florestal de Monsanto é a maior
mancha verde da cidade. Neste parque ocorrem várias dezenas de espécies de aves
terrestres, com destaque para as aves florestais. Em Monsanto existem inúmeros locais para
passear a pé e fazer observação de aves. Sugerimos aqui dois dos melhores.

Montes Claros fica perto do chamado “Alto de Monsanto”, não muito longe do nó da auto-
estrada A5. Neste local, muito popular ao fim-de-semana, existe um jardim com lago e um
miradouro. Aqui é possível observar diversos passeriformes, como chapins, melros e
pintassilgos. As garças-nocturnas, provavelmente oriundas do jardim zoológico (onde
nidificam em liberdade), aparecem por vezes junto ao lago. Os bosques circundantes são
frequentados pelo chapim-carvoeiro, pelo verdilhão e, por vezes pelo lugre.

Um pouco para norte, já na direcção de Benfica, o miradouro da
Luneta dos Quartéis fica
junto a denso bosque. Sendo uma zona menos procurada que a de Montes Claros, permite
observar aves com tranquilidade e sem muita perturbação. O miradouro propriamente dito
encontra-se voltado para oeste, vendo-se a norte a continuação do parque florestal. O
pombo-torcaz é frequentemente observado neste local. Nas zonas circundantes existem
alguns percursos pedestres, onde ocorrem passeriformes como  o chapim-rabilongo e a
estrelinha-real, bem como diversos outras espécies mais comuns.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites