2009 avesdeportugal.info - todos os direitos reservados.
Aves de Lisboa
avesdeportugal.info
.
Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian
Este agradável jardim contém árvores frondosas e também um pequeno lago. É um local
tranquilo, bastante favorável para a observação de aves. É o melhor sítio da cidade para ver
a galinha-d'água.
Espécies:
pato-real, garça-nocturna, galinha-d'água, periquito-de-colar, alvéola-branca, carriça,
melro, toutinegra-de-barrete-preto, pardal, chamariz, verdilhão.
Onde fica
na avenida de Berna,
perto da Praça de
Espanha

Metro
Linha Azul (Praça de
Espanha ou São
Sebastião)

Autocarros
16, 56, 718, 726, 742

Horário
aberto durante o dia

Acesso
gratuito
O principal atractivo deste jardim é o lago que existe na zona central. Para além dos
omnipresentes patos-reais, cujo estado selvagem é questionável, este lago destaca-se pela
ocorrência de galinhas-d’água, que aqui nidificam e tiram partido da vegetação densa para se
esconderem quando ameaçadas.

Para além do lago, o jardim propriamente dito também merece atenção. Nos relvados é
habitual ver-se a alvéola-branca, o melro e o vulgar pardal. Mas é no arvoredo que se refugia
a maior parte das aves, como o verdilhão, o chamariz e a toutinegra-de-barrete-preto. Por
vezes observam-se aqui alguns periquitos-de-colar, provavelmente vindos do Jardim da
Estrela, onde é conhecida a existência de um dormitório desta espécie.
O lago principal do jardim é frequentado por patos-reais e galinhas-d'água, que aqui se deixam ver
particularmente bem
Para além do lago principal, existe um outro mais pequeno, que também merece uma prospecção
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites